Você não deve aprender um idioma. Você deve vivê-lo diariamente. Você deve se acostumar com ele.

Achei uma declaração bem interessante do Khatzumoto, famoso por ter aprendido japonês e chinês totalmente de modo passivo: ele não sentava e estudava o idioma *, ele simplesmente escutava música, TV e filmes do idioma o dia todo, todo dia — passivamente, sem se preocupar se ele entendia ou não –, até que se acostumou com o idioma. E ele realmente se acostumou. Tudo isso a milhares de quilômetros do Japão — ele era da Califórnia. Isso também quebra o mito de que você deve estar em um determinado país para aprender o idioma nativo.

E assim, Khatzumoto ficou fluente em Japonês em apenas 8 meses, e logo em seguida arranjou um trabalho definitivo no Japão, além de ter traduzido livros técnicos em sequência. Mas, japonês não foi suficiente para ele — aproveitou e continuou a usar a técnica e também aprendeu chinês. Se deu certo para ele, eu é que não vou contrariar.

Eis o que ele declarou:

Não tenho como discordar, pois isso nos deixa a pensar em todas as habilidades que temos que estão tão enraizadas no nosso dia a dia, que nem pensamos sobre elas. Um bom exemplo é o nosso próprio idioma materno. Antes mesmo de nascermos, na barriga da mãe, nossos pais já conversam com a gente em um certo idioma. Dentro da barriga nós ouvimos um idioma o dia inteiro. A infância toda, nós ouvimos esse idioma, e ficamos fluente (em conversação) antes mesmo de estudar qualquer gramática — pois ficamos acostumados ao idioma, vivemos o idioma.

Vou fechar com mais uma declaração do Khatz:

Aprender um idioma apenas pela gramática é como aprender química visando fazer um sanduíche.

* Obviamente posteriormente ele estudou caracteres, escrita, leitura, e gramática. Mas, o ponto é que para você saber o idioma, você simplesmente precisa vivê-lo. E como meu exemplo do idioma materno é muito mais fácil depois aprender a parte técnica quando você já domina a conversação.

Texto também publicado no blog: http://aprenderchines.com.br/voce-nao-deve-aprender-um-idioma-voce-deve-viver-o-idioma-diariamente/

Acompanhe: BlogFacebook Twitter Medium

Autistic Savant software engineer with 25 years of development experience. By night, a game developer and artist.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store